CTAL-TTA Technical Test Analyst

O CTAL-TTA é a sigla para Certified Tester Advanced Level - Technical Test Analyst.

Resultados de negócio

Um CTAL-TTA pode:

  • Reconhecer e classificar os riscos típicos associados com desempenho, segurança, confiabilidade, portabilidade e manutenção de sistemas de software.
  • Criar planos de teste que detalham o projeto, o planejamento e a execução de testes de desempenho para mitigação de riscos de segurança, confiabilidade, portabilidade e manutenção.
  • Selecionar e aplicar técnicas adequadas de projeto estrutural para garantir que os testes forneçam um nível adequado de confiança baseada na cobertura de código e cobertura de modelagem.
  • Participar efetivamente das revisões técnicas com os desenvolvedores e arquitetos de software, aplicando os conhecimentos obtidos de erros típicos no código e modelagem.
  • Reconhecer os riscos na arquitetura do código de software e criar elementos do plano de teste para mitigar esses riscos através de análise dinâmica.
  • Propor e implementar medidas para melhorar a segurança, manutenção e testabilidade do código através da aplicação de análise estática.
  • Delinear os custos e os benefícios que podem ser esperados da introdução de determinados tipos de automação de teste.
  • Selecionar as ferramentas adequadas para automatizar tarefas de testes.
  • Entender as questões técnicas e conceitos na aplicação de automação de teste.

Conteúdo programático

  • As tarefas do Technical Test Analyst nos testes baseados em riscos: identificação de riscos; avaliação de riscos; mitigação de riscos;
  • Testes baseados em estruturas: teste de condição; teste de condição de decisão; teste de cobertura de decisão de condição modificada; teste de condição múltipla; teste de caminho; teste API; seleção de técnica baseada em estrutura;
  • Técnicas analíticas: análise estática; análise dinâmica;
  • Características técnicas de qualidade dos testes: questões gerais de planejamento; teste de segurança; teste de confiabilidade; teste de desempenho; utilização de recursos; teste de manutenibilidade; teste de portabilidade;
  • Revisões: utilização de checklists em revisões;
  • Ferramentas e automação de testes: integração e troca de informações entre ferramentas; definição do projeto de automação de testes; ferramentas de teste específicas.

Exame

Pré-requisitos

Para realizar esta certificação o candidato deve ter sido aprovado na Qualificação CTAL

Formato

A duração da prova é de 120 minutos. Para os candidatos cuja língua nativa não seja a língua portuguesa, haverá um acréscimo de 30 minutos no tempo de exame, desde que o candidato comprove sua situação no formulário de inscrição quando requisitado.

O exame é composto por 45 questões de múltipla escolha na língua portuguesa. Cada questão vale de 1 a 5 pontos conforme sua complexidade, e para ser aprovado o candidato deve obter no mínimo 65% de acerto, ou 65 pontos.

As questões são distribuídas proporcionalmente ao tempo de estudo gasto proposto para cada capítulo do Syllabus. Pequenas variações podem ocorrer a cada prova já que a divisão não é exata.

CAPÍTULO
QUESTÕES 1 8 9 14 6 7

Material de Estudo

Todos os documentos abaixo devem ser utilizados no estudo para o exame CTAL-TTA do BSTQB.

Syllabus

Glossário de Termos


Distribuição das Notas

Distribuição das notas obtidas por todos os candidatos que fizeram o exame até 2019.


Quero saber mais sobre os exames

Quero me inscrever nesse exame