CTFL-PT Performance Testing

A certificação Certified Tester Foundation Level – Performance Testing (CTFL-PT) é destinada a qualquer pessoa envolvida em teste de software que deseje ampliar seus conhecimentos em Testes de Performance ou qualquer pessoa que deseje iniciar uma carreira de especialista em testes de performance. A qualificação também é destinada a qualquer pessoa envolvida na engenharia de performance que deseja obter um melhor entendimento desses testes.

Resultados de negócios

Os candidatos ao teste de performance que obtiveram sua certificação devem ser capazes de realizar os seguintes objetivos de negócios:

  • Entender os conceitos básicos da eficiência de performance e teste de performance.
  • Definir riscos de desempenho, metas e requisitos para atender às necessidades e expectativas dos stakeholders.
  • Entender as métricas de performance e como coletá-las.
  • Desenvolver um plano de teste de performance para atingir metas e requisitos declarados.
  • Conceitualmente, projetar, implementar e executar testes básicos de performance.
  • Analisar os resultados de um teste de performance e suas implicações para stakeholders.
  • Explicar o processo, a lógica, os resultados e suas as implicações para stakeholders.
  • Entender as categorias e usos para as ferramentas de performance e os critérios para sua seleção.
  • Determinar como as atividades de teste de perfromance se alinham ao ciclo de vida do software.

Objetivos de Aprendizagem

Os Testadores de performance devem ser capazes de demonstrar suas habilidades nas seguintes áreas:

  • Entender os princípios do teste de performance
  • Reconhecer os diferentes tipos de testes de performnce.
  • Lembrar dos tipos de testes no teste de performance.
  • Entender o conceito de geração de carga.
  • Dar exemplos de modos de falha comuns e suas causas dos testes de performance.
  • Entender as métricas comuns coletadas no teste de performance.
  • Explicar por que os resultados dos testes de performance são agregados.
  • Entender as principais fontes de métricas de performance.
  • Lembrar dos resultados comuns de um teste de performance.
  • Entender as principais atividades de teste de performance.
  • Explicar as categorias comuns de riscos de performance para diferentes arquiteturas.
  • Analisar os riscos de performance de um determinado produto em todo o ciclo de vida de desenvolvimento de software.
  • Analisar um determinado projeto para determinar quais atividades de teste de performance são apropriadas para cada fase do ciclo de vida do software.
  • Derivar os objetivos do teste de performance a partir de informações relevantes.
  • Descrever um plano de teste de performance que considere os objetivos do para um determinado projeto.
  • Criar uma apresentação que permita que vários stakeholders compreendam a lógica por trás do teste de performance.
  • Dar exemplos de protocolos comuns encontrados em testes de performance.
  • Entender o conceito de transações no teste de performance.
  • Analisar os perfis operacionais para uso do sistema.
  • Criar perfis de carga derivados de perfis operacionais para determinados objetivos de performance.
  • Analisar o rendimento e a simultaneidade ao desenvolver testes de performance.
  • Entender a estrutura básica de um script de teste de performance.
  • Implementar scripts de teste de performance consistentes com o plano.
  • Entender as atividades envolvidas na preparação para a execução de testes de performance.
  • Entender as atividades principais na execução de scripts de teste de performance.
  • Analisar e reportar os resultados e implicações do teste de performance.
  • Entender como as ferramentas suportam os testes de performance.
  • Avaliar a adequação das ferramentas de teste de performance em um determinado cenário do projeto.

Conteúdo programático

  • Conceitos básicos: princípios; tipos de teste; testando os tipos de teste; o conceito de geração de carga; modos comuns de falha de eficiência de performance e suas causas;
  • Fundamentos da medição da performance: métricas típicas coletadas; agregação dos resultados; principais fontes de métricas de performance; resultados comuns de um teste de performance;
  • O Teste de Performance no ciclo de vida do software: principais atividades; categorias de riscos de performance para diferentes arquiteturas; riscos de performance em todo o ciclo de vida de desenvolvimento de software;
  • Tarefas de Teste de Performance: planejamento; análise; modelagem e implementação; execução; analisando os resultados e relatórios;
  • Ferramentas: ferramentas de suporte; avaliação de ferramentas.

Exame

Pré-requisitos

Para participar desse exame é obrigatório que o candidato tenha a certificação CTFL pelo BSTQB ou qualquer outro Conselho Nacional do ISTQB. É recomendável que o candidato tenha um mínimo conhecimento em desenvolvimento de software ou teste de software, e que tenha pelo menos seis meses de experiências atuando na área de teste ou desenvolvimento de software.

Formato

A duração da prova é de 90 minutos. Para os candidatos cuja língua nativa não seja a língua portuguesa, haverá um acréscimo de 30 minutos no tempo de exame, desde que o candidato comprove sua situação no formulário de inscrição quando requisitado.

O exame é composto por 40 questões de múltipla escolha na língua portuguesa. Cada questão vale 1 ponto, e para ser aprovado o candidato deve obter no mínimo 65% de acerto, ou 26 questões.

As questões são distribuídas proporcionalmente ao tempo de estudo gasto proposto para cada capítulo do Syllabus. Pequenas variações podem ocorrer a cada prova já que a divisão não é exata.

CAPÍTULO
QUESTÕES 3 2 9 22 4

Material de Estudo

Todos os documentos abaixo devem ser utilizados no estudo para o exame CTFL-PT do BSTQB.

Syllabus

Glossário de Termos


Distribuição das Notas

Distribuição das notas obtidas por todos os candidatos que fizeram o exame até 2019.


Quero saber mais sobre os exames

Quero me inscrever nesse exame